siteA Capacidade Aeróbia refere-se  ao potencial que o indivíduo possui de produzir energia corporal por meio do oxigênio. Para treinar, ou melhorar a sua capacidade, faz-se necessário um programa para aumentar sua  resistência aeróbia.

      A resistência aeróbia melhorada permite ao indivíduo, uma melhor recuperação durante e após o exercício. Isto se aplica não só aos exercícios de resistência aeróbia, mas também, àqueles de origem anaeróbia (sem a presença de oxigênio). Isto é fundamental, já que interfere diretamente na performance. Outro fator que interfere no desenvolvimento desta capacidade, é a respiração. Pessoas que fazem uso de uma má respiração, terão seu desenvolvimento prejudicado. É importante ter uma respiração ritmada e profunda, que expila todo o ar que já foi aproveitado pelos pulmões, do contrário, o aproveitamento de ar em uma nova inspiração seria deficitário, não promovendo todo o potencial de absorção. E, como o principal combustível para a produção de energia é o oxigênio, o desempenho seria diminuto.

Desenvolvendo a Resistência Aeróbia

      Desenvolver a Resistência Aeróbia não é algo que acontece da noite para o dia. Deve ser planejado e, de preferência, até periodizado. Dentro do treinamento desportivo, esta capacidade é desenvolvida na fase inicial preparatória do treinamento periodizado.

Couple Jogging Together

    Entretanto, pessoas que queiram melhorar sua capacidade, independente de estarem inseridas ou não em um programa esportivo, devem respeitar alguns parâmetros que possam ajudar. Como a velocidade não é o que define a resistência aeróbia, deve-se trabalhar em uma intensidade que fique abaixo de 70% da sua velocidade máxima. Porém, deve-se tomar o cuidado para que a frequência cardíaca fique acima de 130 batimentos, senão, não haverá ganhos aeróbios.

Métodos

      Pode-se treinar a resistência aeróbia através de diferentes métodos. Entretanto, é possível dividi-los em Treinamento de Longa Distância e Treinamento Intervalado.

      Em linhas gerais, o Treinamento de Longa Distância consiste em um trabalho contínuo, sem interrupção, onde há um grande volume de atividade, mas com uma intensidade que não chega a ser máxima. Ele pode ser de intensidade contínua, mantendo a velocidade durante toda a atividade, ou também, pode ser de intensidade variável, podendo alternar de moderada à submáxima.

      Já o Treinamento Intervalado caracteriza-se por haver interrupção no trabalho. Como o próprio nome já sugere, ele é intervalado, ou seja, há um período de trabalho e um período de descanso. De forma geral, cada repetição dentro da série, contém de 3 a 10 minutos de trabalho, com um intervalo que pode variar de 45 a 90 segundos, nunca ultrapassando 4 minutos, já que um intervalo maior prejudicaria o trabalho da próxima repetição.

Fontes:

BOMPA. T.O. Treinando Atletas de Desporto Coletivo. São paulo: Phorte, 2005. 350p.;

BOMPA. T.O. Periodização. 4. ed. São Paulo: Phorte, 2002. 423p.