Foi com o intuito de criar um esporte aprazível e menos cansativo que o Basquetebol, que William George Morgan, então professor da ACM (Associação Cristã de Moços) de Massachusetts, Estados Unidos, inventou o Voleibol, em 9 de fevereiro de 1895.

Morgan aproveitou a idéia da rede de tênis e a câmara da bola de basquete para que pessoas de todas as idades pudessem participar de um jogo sem contato físico, o qual, inicialmente foi chamado de Mintonette. Entretanto, não demorou a popularizar-se como “Volleyball”, diante dos sucessivos voleios, característica marcante da modalidade.

Infelizmente, Morgan não pôde acompanhar o surgimento da denominada FIBV (Federação Internacional de Voleibol), em 1947, já que falecera no ano de 1942. Com o advento da Federação Internacional, que passou a gerir a modalidade, organizou-se o primeiro campeonato mundial de Voleibol, inicialmente disputado apenas no gênero masculino. Com o crescimento da modalidade, em 1964, o Voleibol teve sua inclusão nas Olimpíadas, e sua popularidade aumentada, estando entre os esportes mais praticados no mundo na atualidade. 

 

Fontes:

BREGOLATO. R. A. Textos de Educação Física para sala de Aula. 2. ed. Cascavel: ASSOESTE, 1994. 103p.;

DUARTE, O. História dos Esportes.  4. ed.  São Paulo: Editora Senac, 2004. 561p.;

  WIKIPEDIA. Voleibol. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Voleibol. Acesso em 03 de fev. 2014.